A Importância da Embalagem no Processo Logístico

A visão da Embalagem como um componente Logístico começa a ser percebido pelas Indústrias.

Considerando que o papel primordial da Logística é entregar o produto certo, no local certo, no tempo desejado pelo cliente e a um custo adequado, é importante que seja dada atenção a todas as etapas deste processo, que envolve desde o Desenvolvimento do produto até a efetiva Fabricação do mesmo, passando ainda pelos processos de Armazenagem, Transporte e Entrega ao Cliente.

Temos percebido que muitas organizações dão ênfase aos processos referentes à Fabricação, buscando meios que aumentem a produtividade, melhorem a qualidade e reduzam os custos desta etapa que sem sombra de dúvidas é muito importante. No entanto, os aspectos relacionados à forma como estes produtos serão armazenados e transportados ainda não são muito considerados pelas empresas.

A falta de atenção a estes aspectos pode trazer inúmeros prejuízos financeiros devido a perdas e avarias nos produtos e principalmente a insatisfação do Cliente ao receber um produto avariado.

Vamos avaliar a importância da embalagem no processo logístico. Para que serve a embalagem?

Divulgar o produto, Assegurar a integridade do seu conteúdo, Divulgar informações sobre o produto, Diferenciar o mesmo frente a seus concorrentes, Servir como elemento que facilite o manuseio e o transporte dos produtos do fabricante ao consumidor, Servir como um diferencial logístico?

Tomemos como exemplo à Exportação de Frutas. Imaginem os cuidados redobrados que os exportadores tem que ter no que se refere ao acondicionamento destas para que as mesmas cheguem em perfeitas condições ao Cliente. E se estas frutas fossem enviadas para o outro lado do mundo, por exemplo, o Japão?

Neste caso, a embalagem e o transporte assumem papel primordial e decisivo no processo logístico pois eles poderão ser a causa do sucesso ou não da operação. Buscando aumentar o nível de sucesso nesta operação, já existem embalagens especiais para frutas. No caso das mangas, mencionadas em nosso exemplo elas vão chegar ao Japão em caixas de papelão ondulado criadas especialmente para aquele mercado.

“No Japão a manga é vendida quase como um artigo de butique, por até US$ 30 a unidade”, explica Carlos Masili, diretor comercial de embalagens da Klabin. Neste ano, a Klabin estima embarcar 500 mil caixas de papelão ondulado, atendendo a vários produtores de manga que se preparam para exportar para o Japão. “É um bom começo”, avalia o diretor, que acredita que depois da manga, virão a uva e outras frutas brasileiras.

Bem, como podemos ver, já temos algumas excelentes notícias sobre a preocupação dos Produtores com os aspectos da Embalagem no processo logístico.

Sendo assim, todos os elos da cadeia saem beneficiados. Ganham os Produtores, os Transportadores, os Fabricantes de Embalagens e principalmente os Clientes que passam a receber suas frutas de acordo com o desejado.

* Hélio MEIRIM – Mestrando em Administração e Desenvolvimento corporativo, tendo MBA em Marketing, Análise de Sistemas e Docência Superior. Atuou por mais de 15 anos, como executivo de Logística, em empresas nacionais e multinacionais tendo desenvolvido projetos no Brasil, Chile, México, Estados Unidos, Portugal e Espanha. Atua como Consultor corporativo e Professor Universitário nos cursos de MBA, Pós-Graduação e Graduação.